A minha preparação de um objetivo!

15 Dias! O tempo vai passando e a vontade aumentando... Em qualquer conversa, o tema vai inevitavelmente parar à Madeira, em qualquer pensamento vou voando pelos trilhos da majestosa ilha e em todas as circunstâncias me vou inquirindo como irá decorrer a prova!

É a minha estreia na prova e não conheço rigorosamente nada do percurso... Mas tal como nos treinos, não nos podemos limitar às desculpas, existindo uma série de pormenores que têm que ser revistos para a prova! E é nesse âmbito que surge este post, falar-vos de como está a ser a minha preparação para a prova e quais os campos em que estou a trabalhar mais afincadamente, de maneira a poder partilhar convosco e poder receber também feedback da vossa preparação. Aqui ficam as áreas que estou a preparar:

  • Equipamento 
Grande parte do equipamento que tinha vindo a utilizar já levava mais de uma ano de utilização, demonstrando já muitos sinais de desgaste... Como tal tive que reformular praticamente todo o plano para a Madeira. Já "apresentei" os calções no instagram, e vou repetir o calçado, tendo voltado a adquirir umas Akyra. Mas não será só este o material a ser renovado, terei mais uma ou duas novidades e tenho agora duas semanas para me adaptar a tudo e estar 100% confortável no dia 28 de Abril à meia noite.

A "apresentação" do material novo no instagram

  • Percurso
Tal como disse no início do post, é a minha primeira presença no evento e não conheço rigorosamente nada do percurso... Para tal já "estudei" quatro opções para ir com o maior conhecimento possível daquilo que vou encontrar: Ler tudo o que posso sobre a prova, em especial, os posts do Filipe Torres que já terminou a prova três vezes e que tão bem descreveu todas as edições; Falar com o Pedro Ricardo e com o Pedro Ribeiro, que já lá estiveram, para me ir apercebendo de alguns pormenores da prova e das sensações que foram tendo; Analisar o gráfico da altimetria... Eu sei que este às vezes engana, mas ao estudarmos aquele "pente", ficamos com uma ideia geral de como podemos dividir a prova e em que sítios nos devemos sentir confortáveis; Aproveitar os dias anteriores à prova para passear em alguns dos trilhos que percorreremos no dia 28. Estes quatro pontos não me vão deixar em pé de igualdade com os restantes atletas que já terminaram a prova, mas vão deixar-me bem mais perto. 

Um dos artigos do Filipe Torres sobre o MIUT

  • Alimentação
Ao longo da preparação da prova fui cometendo alguns "pecados" no que à alimentação diz respeito. Desde um excesso de bolos, excesso de café e pouca regra naquilo que ia comendo, fui-me apercebendo de algumas alterações que tenho que fazer necessariamente! Para já, ando só a adaptar-me, uma vez que não é de todo aconselhável alterar muito os hábitos a tão pouco tempo da prova, mas logo após quero começar a ter alguns cuidados "extra".
Além disso, a própria alimentação da prova é uma área que estou a estudar quase exaustivamente! Depois das experiências do UTSM e do Sicó mas mais propriamente depois do EGT de 2017, quero tentar ao máximo evitar grandes picos e consequentes quebras ao longo da prova. Os últimos treinos têm sido bons neste aspeto e durante a próxima semana irei provavelmente fazer os últimos ajustes e "aquisições" para que tudo esteja pronto no dia da prova.

Os tais excessos que falava (foto do meu instagram)

  • Multimédia
Durante estes últimos 6 meses muita coisa mudou neste aspeto... E a preparação da prova passa também por esta área. Não é que seja fundamental para que a prova corra bem mas para quem gosta tanto de partilhar as suas experiências como eu, é uma área que vai sendo rigorosamente preparada e que ao longo dos meses tem recebido muitos upgrades, existindo ainda a possibilidade de ter mais alguns até ao dia da prova.

Parte da multimédia que tenho para o blogue


Estas são as 4 áreas fundamentais que estão a ser alvo de preparação, avaliação e correção. Gostava honestamente de receber o vosso feedback em relação a este tema, quais as áreas que estão a preparar, se são ou não iguais às minhas e um feedback que normalmente recebo pelo Instagram mas que gostava de receber nos comentários dos posts: quais as áreas que gostavam que desenvolvesse mais (reviews de equipamento, a minha análise do percurso, como planeio fazer a alimentação durante e pós MIUT ou quais os equipamentos multimédia que uso/irei usar)... Sintam-se à vontade para comentar, é ótimo receber o vosso feedback.

Comentários

Mensagens populares